CRÓNICA DE UMA BATATA QUASE CASADA #6

sexta-feira, julho 27, 2012

Olá meninas e meninos,
Se me perguntarem se estou a gostar desta minha experiência de "batata quase casada" eu respondo logo sim, porque é a mais sincera das verdades, nunca duvidei que eu e o meu Nuke nos déssemos bem entre 4 paredes, somos amigos, ajudamo-nos mutuamente e gostamos muito um do outro. 

Dito isto, posso falar de uma coisa que me incomoda ou que "perdi" nisto de ser uma batata quase casada, e estou a falar de espaço na cómoda! É verdade!
Antigamente tinha todo o tampo de uma cómoda só para mim, que estava cheia de coisas entre cremes/perfumes/pincéis/maquilhagem/coisas para o cabelo/espelho pequeno, e quando me mudei tive que reduzir. No inicio fiquei apenas com metade do espaço, pensei que ia conviver bem com isso, mas a verdade é que não... Eu tenho mesmo muita coisa, e acabo por espalhar tudo no meu e no campo dele. De vez em quando ele diz-me algo, como uma dica, e eu sei que ele sabe que lhe estou a invadir o espaço, mas e as minhas coisas? Coitadas! Ficaram quase órfãs e outras foram recambiadas para a casa de banho (uiiii isso também daria outro post, talvez dê e com fotos LOL).
Esta semana decidi fazer uma OPA a uma parte do espaço dele, assim como quem não quer a coisa, mas o raio do homem viu logo e avisou-me que tinha visto, não reclamou mas eu fiquei a senti-me mal pela ocupação.

Tudo isto para dizer que adoro viver com ele, e adoro a nossa casinha.. Mas preciso de um quarto 2 vezes maior :x

Também vos acontece isto? Como dividem o espaço físico do quarto?
XOXO

Pode gostar também de...

10 comentários

  1. Ai, alguém que me compreenda! Sofro do mesmo mal... tanta roupa, sapatos, bijutaria... É preciso fazer uma ginástica enorme. Tive de recambiar montes de coisas que nos deram (lençóis, toalhas, toalhitas, toalhecas e afins) para a casa da minha mãe e tentar ser o mais prática possível. Em casa só tenho as coisas que precisamos para o dia a dia, não há cá espaço para o serviço de chá para se usar quando o rei faz anos, ou um faqueiro XPTO. Todo o espaço é pouco para as minhas coisinhas, e vá, para as coisitas dele também. lol

    oneplustwoblog.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL Pois, mas nos decidimos trazer tudo, até porque é estranho ter as nossas coisas na casa dos outros, assim sempre que precisamos temos. Uma das coisas mais porreiras que fizemos foi só aceitar e ter coisas que adoramos, e sabemos que vamos usar. Nada de paninhos do tempo dos avós e etc..
      XOXO

      Eliminar
  2. Realmente tenho medo de viver com alguém, por causa do espaço para meter as minhas coisas, adoro ter sítios bem grandes para meter tudo, senão eu passo-me mesmo. Beijo e espero que estejas a gostar desta nova fase :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, pode ser um pouco assustador :P Mas compensa...
      XOXO

      Eliminar
  3. Eu também sou muito "espaçosa" e quando fui para a Universidade tive de ir morar com uma colega numa casa minúscula, e eu tinha 20x mais coisas que ela, e no WC aconteceu-me o mesmo que te está a acontecer a ti. Ás vezes dá resultado ter as coisas arrumadas em cestinhos... é decorativo, se arranjares uns cestinhos fofos e coloridos, ou de acordo com a decoração, ficas com tudo contido dentro de um determinado espaço. Além disso, quando não cabe mais nada no "cestinho de cabelo", por exemplo, sabes que é altura de parar de comprar produtos de styling... Outra coisa que eu usava muito no início era ter a roupa dividida: por exemplo, a roupa da estação em minha casa e a roupa da estação contrária em casa dos meus pais. Assim quando trocava a estação e trocava o guarda roupa, aproveitava sempre pra fazer uma limpeza e doar imensa coisa que já não me servia ou que já não gostava, porque quando se tem falta de espaço não dá para acumular tralha...
    Estou a adorar esta rubrica, boa sorte para esta nova aventura ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Szofi mas quando sai de casa para viver com o Nuke decidi que ia trazer tudo para esta casa, não quis ocupar espaço em casa da minha mãe, e no processo de transição pensava "ai quero aquilo", mas "aquilo" estava em casa dela, então decidi mesmo mudar as malas e a bagagem.
      Eu tenho tudo mais ou menos organizado em cestos, pratos, pratinhos, copos e etc, o problema é que é mesmo muita coisa :x Exemplo... diariamente uso cerca de 7 produtos no rosto (só contando com cremes), preciso de os ter à mão, e depois os perfumes e etc... encho aquilo em 2min, e ainda a maquilhagem que tiro do móvel para me maquilhar.. LOL é o que digo, preciso mesmo de um quarto maior.. ou ou tirar as coisas dele, e deixa-lo apenas e só com uma parte do guarda-fato dele (que é igual ao meu em dimensão) e quem sabe a banquinha de cabeceira :x
      XOXO

      Eliminar
    2. Assim torna se complicado, mas tenho a certeza que vais encontrar uma solução a tua medida!;) beijoca***

      Eliminar
  4. Hihi adorei o post :)

    É um dos assuntos que me deixa de pé atrás numa vida a dois, mas tenho a certeza que tudo o resto compensa.

    Beijinhos querida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, compensa e muito. Mas é tãoooo bom ter tudo como gostamos, e as nossas coisinhas fofinhas nos sítios, sinto-me uma má dona :P
      XOXO

      Eliminar
  5. AH AH fazer uma OPA ao espaço do gajo é uma movimentação estratégica que pode custar o terreno em causa (AKA a comoda)O que vale é que os accionistas não a consideraram agressiva e resolveram colaborar...
    Oh pah, parti-me a rir!

    ResponderEliminar

Olá Meninas e Meninos,
Todos os comentários são importantes para mim. Obrigada pelo vosso tempo.
XOXO